terça-feira, 24 de julho de 2018

Conheça os 5 candidatos à Presidência já confirmados pelos partidos

Conheça os 5 candidatos à Presidência já confirmados pelos partidos

Cinco candidatos à Presidência já foram confirmados pelos seus respectivos partidos para as eleições 2018: Ciro Gomes (PDT), Vera Lúcia (PSTU), Paulo Rabello (PSC), Guilherme Boulos (PSOL) e Jair Bolsonaro (PSL).

CIRO GOMES - O primeiro nome confirmado foi do advogado e professor universitário. Ele foi oficializado na última sexta-feira (20), quando foi aberto o período de convenções partidárias - o prazo vai até dia 5 de agosto. Ciro carrega 10% das intenções de voto e caminha sozinho na corrida eleitoral, sem partidos aliados e sem um vice definido. O ex-governador do Ceará definiu como prioridades o combate à desigualdade social. “O nosso povo não tem mais nada para dar. O nosso povo já sofre demais com o desemprego, a informalidade, o trabalho precário”, disse.

VERA LÚCIA - A ativista sindical e ex-operária foi a segunda confirmada para as eleições deste ano. A pré-candidata pelo PSTU é de Aracaju (Sergipe) e disse que, se eleita, pretende desapropriar cerca de 100 empresas. Ela prega a revolução operária e afirma que o modelo mais próximo do ideal seria o dos cinco primeiros anos após a Revolução Russa, em 1917. Ela revelou também que vai fazer uma campanha simples por “falta de condições” e afirmou que as eleições “se dão num esquema fraudulento e antidemocrático”.

PAULO RABELLO - Aos 69 anos, o terceiro presidenciável está pelo PSC, é economista e foi presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Apesar de não ter vice, ele antecipou que gostaria que fosse uma mulher. “As mulheres, perto da gente, não deixam a gente fazer bobagem. Queremos um vice, que, na nossa falta, vai continuar trabalhando. Não é vice de acomodação”, afirmou.

GUILHERME BOULOS - No último sábado (21), foi oficializado Guilherme Boulos, líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), em conjunto com a vice Sônia Guajajara, quem compõe a liderança indígena e ativista ambiental. No primeiro discurso como candidato, Boulos disse que pretende combater privilégios, que vai priorizar a revisão de políticas atuais do governo federal e prometeu implementar uma uma política habitacional nacional.

JAIR BOLSONARO - O quinto confirmado foi o deputado federal pelo PSL, que afirma “não ser o salvador da Pátria” neste domingo (22). Durante convenção nacional no Rio de Janeiro, o presidenciável foi ovacionado sob gritos de “Mito!” e “Eu vim de graça!”. Sem vice, Bolsonaro criticou outros concorrentes e disse que, se eleito, pretende unir o Brasil. “O Brasil não aguenta mais 4 anos de PT ou PSDB. Vamos unir esse Brasil, brancos e negros, homos e héteros, nordestinos e sulistas, ricos e pobres, patrões e empregados”.

(Com informações do HuffPost)

Nenhum comentário:

Postar um comentário