terça-feira, 4 de setembro de 2018

Preso por homicídio, foragido de Americano morre ao enfrentar polícia em Altamira

#ALTAMIRA

Antes de chega a Altamira, ele conseguiu fugir da Polícia de Porto de Moz ao fazer a própria companheira de refém

Victor José Moraes de Oliveira, de 30 anos, foi morto ao reagir a uma abordagem da Polícia Militar na tarde desta terça-feira (04), em Altamira, região do Xingu, sudoeste paraense. O homem era foragido do sistema penal, cumprindo pena por homicídio, e foi morto quando disparou na direção da guarnição que, após receber uma denúncia, tinha ido até uma casa no bairro Aparecida para prendê-lo.

Segundo o 16º Batalhão da Polícia Militar (BPM), viaturas da PM regular e do Grupamento Tático seguiram para prender Victor, que era foragido do Complexo Penitenciário de Americano. Segundo a PM, antes de vir para Altamira, a policia de Porto de Moz quase o prendeu, mas ele fez a própria companheira como refém. Quando chegaram no local onde Victor estava, os PMs se depararam com a vítima, companheira de Victor, sob a mira de uma arma, e não tiveram outra opção a não ser deixar o acusado fugir para uma região de mata, para preservar a vida da mulher. Ele fugiu pelo matagal e, logo depois, veio para Altamira.

Na tarde de hoje, Victor teria reagido a uma abordagem da PM. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de chegar ao hospital. Segundo a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (SUSIPE), ele era foragido da Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel desde 06 de agosto, tendo sido preso por um homicídio em Porto de Moz.

ORM

Nenhum comentário:

Postar um comentário