quarta-feira, 20 de março de 2019

JUSTIÇA DETERMINA RECOLHIMENTO NOTURNO PARA VICE-PREFEITO DE VITÓRIA DO XINGU


----
Acesse: www.brasilnovoemfoco.tk
----
Segundo as investigações do Ministério Público, os acusados formaram uma associação criminosa com a finalidade de praticarem fraudes à licitações da Prefeitura

A decisão publicada em fevereiro, determina aplicação de medidas cautelares ao vice-prefeito de Vitória do Xingu, Murilo Ferreira de Souza. Murilo é um dos investigados na operação “New Lessons” que revelou fraudes às licitações no município. Os prejuízos aos cofres públicos somam mais de R$ 5, 6 milhões, em valores atualizados. O vice e outros acusados, tiveram os bens bloqueados pela Justiça.

Conforme a decisão, Murilo deve comparecer em juízo pessoalmente todo mês para informar suas atividades, está proibido de manter contato com os demais réus do processo e testemunhas , e deve obedecer o “recolhimento domiciliar noturno a partir das 22h até as 6h, bem como nos finais de semana e nos feriados em sua integralidade.”

Segundo as investigações do Ministério Público, os acusados formaram uma associação criminosa com a finalidade de praticarem fraudes à licitações da Prefeitura Municipal de Vitória do Xingu, por meio da empresa BR7 Editora e Ensino Ltda, de propriedade de Alberto Pereira de Souza Júnior e Angélica Laucilena Mota Lima, na execução de contratos em licitações.

Fonte: Confirmanoticia

Nenhum comentário:

Postar um comentário