quinta-feira, 9 de agosto de 2012

MP INGRESSA COM AÇÃO CIVIL PARA ESTRUTURAR CONSELHO TUTELAR DE RURÓPOLIS de Rurópolis

Imagem Internet
O promotor de justiça de Rurópolis, Gilberto Lins de Souza Filho, ingressou com Ação Civil Pública (ACP) para garantir ao Conselho Tutelar do município um carro, bem como a inclusão no orçamento de uma rubrica própria para o conselho.

Após realizar inspeção na sede do Conselho Tutelar local, o promotor de justiça Gilberto Lins, constatou que os conselheiros não detinham veículo para o exercício de suas funções.

Instaurado Inquérito Civil para investigar o fato, foi descoberto, na prestação de contas do Município, que não há uma rubrica específica ao conselho, indo de encontro ao estabelecido n o artigo 134 do ECA, que exige uma rubrica específica.

“A Lei Orçamentária prevê o orçamento do Conselho Tutelar juntamente com os demais conselhos municipais, impedindo a realização de um cronograma atividade por parte do Conselho Tutelar, haja vista desconhecer quanto lhe será destinado”, explica o promotor.
Por: MP
Fonte: oxingu.com.br

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

ALTAMIRA E MAIS 38 MUNICÍPIOS DO PARÁ PEDEM TROPAS FEDERAIS PARA A SEGURANÇA NAS ELEIÇÕES 2012


Reforço

Solicitações foram encaminhadas ao governo do Estado e ao TSE

Para as eleições deste ano, 39 municípios paraenses solicitaram reforço das tropas federais para as áreas de segurança e logística do Estado. O pedido foi encaminhado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE), com base no planejamento estratégico elaborado pelo Governo do Estado, que será responsável pela segurança do pleito, e ainda deve ser submetido para aprovação do plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), antes de ser encaminhado ao Estado. Nos demais municípios, a segurança será feita pelo contingente das Polícias Militar e Civil do Estado.
Os municípios que solicitaram reforço na segurança são: Paragominas, Cachoeira do Arari, Chaves, Conceição do Araguaia, Floresta do Araguaia, Gurupá, Portel, Barcarena, Parauapebas, Garrafão do Norte, Nova Esperança do Piriá, Terra Santa, Curuçá, Tomé-Açu, Faro, Juruti, Aveiro, Itaituba, Jacareacanga, Novo Progresso, São Félix do Xingu, Curuá, Placas, Almeirim, Afuá, Prainha, Altamira, Novo Repartimento, Canaã dos Carajás, Eldorado dos Carajás, Santa Maria das Barreiras, Redenção, Marabá, Rondon do Pará, Ipixuna do Pará, São Miguel do Guamá, Terra Alta, Santa Cruz do Arari e Capanema.
"É fato notório que essas localidades enfrentam sérios problemas para manutenção da ordem, importando verdadeiramente, em risco real e concreto ao bom andamento dos trabalhos das Eleições, pondo-se em perigo o livre exercício do voto", justificou o presidente do TRE, desembargador Ricardo Nunes, na resolução 5.110/12, que formalizou o pedido ao TSE.
Nas eleições gerais de 2010, 106 dos 143 municípios paraenses tiveram reforço das tropas federais na segurança. Já nas últimas eleições municipais, realizadas em 2008, este contingente foi para 95 cidades paraenses.
Nunes explica que para se chegar a estes números, a Justiça Eleitoral analisava os pedidos vindos dos juízes eleitorais que informavam sobre a necessidade de reforço na segurança. Este ano, no entanto, a exemplo do que foi feito no Plebiscito sobre a divisão do Pará, realizado em dezembro de 2011, o TRE realizou um levantamento prévio junto às Comarcas Eleitorais, que apontou para necessidade de reforço em 24 cidades do Estado, e encaminhou para o núcleo de inteligência da Segup para que estes números fossem incorporados ao planejamento estratégico traçado pelo Estado.
Pelo acordo firmado com o Governo do Estado, nas áreas em que não houver tropas federais, a segurança será reforçada pelo contingente policial do próprio Estado.
"Este levantamento foi feito com base em laudos técnicos do núcleo de inteligência da Segup. Não são números aleatórios. Mas todos os municípios estarão cobertos pela segurança, alguns por tropas federais e outros pelos homens da segurança do Estado", afirmou. Para a realização das eleições, a Justiça Eleitoral costuma solicitar duas modalidades de serviços das Forças Armadas: apoio logístico para o transporte de materiais, urnas e pessoas a locais de difícil acesso e o emprego de tropa para a manutenção da lei e da ordem.

Por: ORM

AGENTE DO DETRAN ALTAMIRA É ALVEJADO COM 6 TIROS

Alexandre Caetano (vítima )

Ontem (06)a noite depois de chegar do trabalho, por volta das 22 horas, o chefe de operações do Detran Alexandre Caetano estava com amigos próximo a sua residência quando foi alvejado com seis tiros, testemunhas contam que dois homens em uma motocicleta pararam e fizeram os disparos.
Logo após o crime Alexandre foi levando para o hospital regional onde permanece internado. Policiais militares e civis fizeram várias buscas pela cidade, até que conseguiu prender por volta das 23:00 um suspeito do crime na Rua Acesso 4 do Bairro independente 1, Orleans Gonçalves de Souza de 21 anos estava com um revolver calibre 38, no armamento tinham apenas duas balas, ele negou ter participado da do crime no Bairro Sudam II com o agente do DETRAN.
Orleans ainda tentou reagir à prisão, mas foi contido pelos policiais.
Orleans Gonçalves é apontado pelas testemunhas como o piloto da motocicleta, o veículo também foi apreendido pela policia. O Centro de Perícias Renato Chaves participou das investigações com exames de pólvora combusta perícia que detecta através de exames a existência de pólvora nas mãos do acusado.
O acusado foi ouvido pelo delegado que preside o caso, o superintendente de polícia civil Cristiano Marcelo do Nascimento também participa das investigações, ele ressalta que é muita coincidência as vestimentas do acusado terem as mesma características das apresentadas pelas testemunhas que presenciaram o crime.
Ainda durante a noite, familiares, amigos e colegas de trabalho de Alexandre estiveram no hospital regional em busca de informações, segundo familiares da vítima, Alexandre passou por exames de raio x, vários dos tiros foram nos braços e não atingiram partes vitais, porém um tiro na região da cabeça é que preocupa os médicos, até o momento Alexandre apresenta quadro estável. Hoje pela manhã o delegado que preside o caso deu mais informações do ocorrido.

Texto: Redação de jornalismo do SBT Altamira
Reportagem: Felype Adms 

terça-feira, 7 de agosto de 2012

POLÍCIA CIVIL PRENDE A RAINHA DO TRÁFICO NO SUDESTEPARAENSE


Tereza Correia Pedrosa, 43 anos, conhecida como “Rainha do Tráfico”, foi presa em flagrante, na noite da última sexta-feira (3), na cidade de Tucumã, sudeste paraense. Com ela, a polícia encontrou 2,5 quilos de maconha. Ela foi transferida para o presídio de Redenção. O flagrante foi comunicado ao Poder Judiciário e a presa já se encontra à disposição da Justiça.
A “rainha do tráfico” foi presa em sua residência, situada na rua Mato Grosso. A droga, segundo a polícia, estava escondida nos fundos da casa embaixo de alguns tijolos. “Chamou a atenção da polícia o fato de que a casa usada como ponto de venda de drogas localizava-se próxima a escola infantil Santo Antônio”, revela o delegado Vinícius Medeiros.
Segundo ele, a operação que resultou na prisão da traficante foi denominada de “Mãos Atadas”.  Para a prisão de Tereza Correia, foram necessários quatro dias de investigação. Participaram da operação, os policiais civis, Alan,Vasconcelos e Marcelo, sob o comando do delegado Vinícius Medeiros.

Por: PC/ PA

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

MORADORES RECLAMAM DE FALTA DE ÁGUA EM BAIRRO

Altamira (PA) - Ontem (31) foi mais um dia de transtorno para os moradores do Bairro Mutirão, a falta de água que castiga quem mora na localidade é causada por problemas na bomba de captação, situação que já dura três dias.

Em várias residências do bairro, principalmente na parte alta, é a mesma situação. Roupas sujas, louças na pia, e nas torneiras nem esperança de ter água. O problema da falta de abastecimento é constantemente interrompido por quebra dos equipamentos que bombeiam o líquido para os moradores. A aposentada Tereza José diz que raciona água. “A situação aqui está muito ruim, a gente já ficou até agora sem água e ninguém toma providencia disso, é uma humilhação".

Sem água na torneira o jeito é improvisar, o poço mais próximo é a solução para os moradores da Rua 10. O jovem Jefferson da Silva de 15 anos ajuda a mãe buscando água.

Procuramos a secretaria de Obras, o secretário Efraim Vieira não estava presente, fomos informados que outros bairros também sofrem com o problema, são eles: Coperfron, Jardim França, Santa Ana, Colina e Liberdade, um caminhão pipa está fazendo o abastecimento e a própria secretaria reconhece que não é o suficiente.
Notícia Postada em 01/08/2012 por: OX